top of page

COMO TORNAR A SUA CASA MAIS SEGURA PARA UM ENVELHECIMENTO ATIVO


Você já se perguntou se a sua casa é segura para viver com independência na terceira idade?


A tendência de crescimento da população idosa, registrada no Censo 2022 do IBGE, nos traz um alerta que precisamos adequar as moradias para as pessoas continuarem vivendo bem e terem um envelhecimento saudável e ativo. Neste artigo mostraremos o que torna uma casa segura e as condições que devem ser verificadas para garantir a segurança das pessoas idosas nas suas tarefas diárias.


Casa segura para a longevidade

As casas e apartamentos devem oferecer as condições adequadas para as pessoas viverem bem em todas as idades - da infância à terceira idade. De forma geral, as casas são pensadas para as pessoas em fase adulta, mas à medida que vão envelhecendo, adaptações vão se tornando necessárias para dar a elas as condições de manterem a capacidade de executar suas atividades diárias com independência por mais tempo, isto é, sem precisar de ajuda de terceiros.


Uma casa segura para a longevidade é aquela que proporciona as condições adequadas de uso - com conforto e sem riscos de acidentes - garantindo que todas as pessoas da família tenham um envelhecimento ativo e saudável.

Assim, tornar os ambientes da casa mais seguros é o que vai garantir a qualidade de vida das pessoas idosas e por mais tempo.

Mas, como tornar a casa mais segura para se viver mais e com independência?

Como os acidentes acontecem com maior frequência nos cômodos mais usados no dia-a-dia e nos trajetos entre eles, comece mapeando os locais da casa mais utilizados por seus familiares idosos. Depois faça um levantamento das dificuldades mais sentidas por eles no cotidiano. Desta forma, você vai poder identificar os locais e as condições em que possíveis acidentes podem ocorrer e corrigi-las previamente.


Para auxiliar você na tarefa de identificar as situações de risco de acidentes em sua casa, listamos as dificuldades mais relatadas por pessoas idosas e as medidas que utilizamos em nossos projetos para solucionar o problema. Algumas das soluções são dicas simples, que você mesmo poderá implementar; outras vão requerer intervenções maiores, que exigirão a contratação de projeto de arquitetura e execução de obra.


Em ambos os casos, para que as medidas resultem efetivas, é muito importante considerar os gostos, as preferências e a história de vida da pessoa idosa, para juntamente com ela escolher a solução mais adequada para cada caso.


> ENTRADAS

Dificuldade | Realizar o trajeto entre a rua e a porta da casa ou apartamento, passando pela garagem, jardim e portaria.

Esta é a dificuldade mais relatada pelos idosos tanto nas chegadas e saídas de casa, como no uso das áreas externas da casa ou do condomínio para o lazer. Estes espaços devem ser acessíveis para todas as pessoas, inclusive as com mobilidade reduzida como os idosos, conforme as recomendações da norma NBR9050/2020. Para isso verifique:

  • se os pisos são regulares, firmes, estáveis, antiderrapantes e sem desníveis;

  • se os pisos têm cores contrastantes com o entorno para indicar com clareza os caminhos, deve-se evitar padronagens com impressão de tridimensionalidade que causam sensação de insegurança;

  • se existem rampas com barras de apoio junto às escadas e se foram dimensionadas de acordo com a NBR9050/2020;

  • se existem bancos para pausa e descanso em locais estratégicos, com altura adequada para a pessoa idosa sentar e levantar com facilidade;

  • se há iluminação suficiente para orientar o percurso e encontrar com facilidade as fechaduras de portas e caixas de correio. Dica: dar preferência para maçanetas do tipo alavanca nas portas.


> SALAS DE ESTAR

Dificuldade | Sentar e levantar de sofás e realizar o trajeto até eles.

Ler um livro, assistir à TV ou fazer trabalhos manuais são algumas das atividades mais frequentes do cotidiano, por isso as dificuldades mais relatadas neste ambiente da casa estão relacionadas a elas. Para garantir que os idosos façam estas atividades com conforto, segurança e independência, verifique:

  • se o piso é antiderrapante e sem desníveis;

  • se o caminho até o sofá é livre e desimpedido, isto é, sem móveis ou objetos soltos no chão;

  • se há móveis com cantos vivos ou móveis que se tornam instáveis se uma pessoa idosa se apoiar neles. Estes devem ser retirados e substituídos por móveis firmes e com cantos arredondados;

  • se há tapetes que dificultam o andar e causam tropeços. Estes devem ser retirados ou fixados no piso, já os de valor afetivo, podem ser mantidos como tapeçaria de parede;

  • se há objetos soltos de valor afetivo (lembranças e porta-retratos) e que se deseja manter no ambiente. Estes devem ser fixados e protegidos contra quedas;

  • se as prateleiras das estantes e armários podem ser ajustadas para alturas adequadas para facilitar o alcance - nem muito altas e nem muito baixas, que exigem da pessoa idosa um esforço maior. Dica: limitar a prateleira superior à altura dos ombros da pessoa idosa e a prateleira inferior à altura dos joelhos dela.

  • se a altura dos assentos (sofás, poltronas e cadeiras) permite os movimentos de sentar e levantar com facilidade. Dica: a altura ideal dos assentos é aquela em que os joelhos da pessoa sentada, com a planta dos pés no chão, formem um ângulo maior que 90°.


> COZINHAS

Dificuldade | Alcançar objetos (utensílios, eletrodomésticos e mantimentos) e fazer as tarefas diárias em pé (cozinhar e lavar a louça).

As pessoas idosas não conseguem alcançar com facilidade objetos que estejam em posições acima da altura dos seus ombros e tendem a se cansar e se desequilibrar quando ficam algum tempo em pé. Para proporcionar à pessoa idosa a melhor experiência na cozinha, verifique:

  • se o piso é antiderrapante e sem desníveis;

  • se os objetos de uso mais frequente podem ser reorganizados e mantidos em alturas adequadas para facilitar o alcance e o uso;

  • se a altura das bancadas pode ser ajustada para corresponder às medidas do corpo da pessoa idosa e facilitar o desempenho das tarefas;

  • se a parte inferior das bancadas e pias pode ser deixada livre (sem mobiliário) para a pessoa idosa fazer as atividades sentada;

  • se há iluminação suficiente para as tarefas. Dica: aumentar a iluminação geral e instalar iluminação suplementar sobre as bancadas de trabalho, que podem ser fixadas sob os armários aéreos.


> ÁREA DE SERVIÇO

Dificuldade | Colocar e retirar roupas da máquina de lavar e estender no varal.

As pessoas idosas têm limitação de alcance de objetos em posições acima da altura dos seus ombros e abaixo dos seus joelhos. Para melhorar a experiência da pessoa idosa neste ambiente, verifique:

  • se o piso é antiderrapante e sem desníveis;

  • se é possível ajustar a altura das máquinas de lavar e de secar roupa para permitir o uso confortável e sem esforço excessivo;

  • se a altura das bancadas pode ser ajustada para corresponder às medidas do corpo da pessoa idosa e facilitar o desempenho das tarefas;

  • se é possível instalar varal retrátil automático que permite prender e soltar a roupa individualmente e sem esforço excessivo;

  • se há iluminação suficiente para as atividades. Dica: aumentar a iluminação geral e instalar iluminação suplementar em frente aos equipamentos.


> DORMITÓRIOS

Dificuldade | Deitar e levantar, fazer o trajeto até a cama e alcançar roupas e objetos no guarda-roupa.

Este ambiente é um dos mais usados pelos idosos, tanto no período noturno como diurno, por isso tem o maior número de dificuldades relatadas por eles. Para garantir o uso seguro e confortável do dormitório, verifique:

  • se o piso é antiderrapante e sem desníveis;

  • se há tapetes que dificultam o andar e causam tropeços. Estes devem ser retirados ou fixados no piso, já os de valor afetivo, podem ser mantidos como tapeçaria de parede;

  • se há móveis com cantos vivos ou móveis que se tornam instáveis se uma pessoa idosa se apoiar neles. Estes devem ser retirados e substituídos por móveis firmes e com cantos arredondados;

  • se há objetos soltos de valor afetivo (lembranças e porta-retratos) e que se deseja manter no ambiente. Estes devem ser fixados e protegidos contra quedas;

  • se a altura dos assentos (camas e poltronas) permite os movimentos de sentar e levantar com facilidade. Dica: a altura ideal dos assentos é aquela em que os joelhos da pessoa sentada, com a planta dos pés no chão, formem um ângulo maior que 90°.

  • se o colchão possui densidade adequada para proporcionar firmeza ao sentar e facilitar o movimento de levantar;

  • se é possível instalar barra na lateral da cama para auxiliar os movimentos de levantar e deitar na cama;

  • se as prateleiras e cabideiros do guarda-roupa podem ser ajustados para alturas adequadas para facilitar o alcance - nem muito altas e nem muito baixas, que exigem da pessoa idosa um esforço maior. Dica: limitar a prateleira superior à altura dos ombros da pessoa idosa e a prateleira inferior à altura dos joelhos dela.

  • se há iluminação suficiente para as atividades, inclusive dentro do guarda-roupa, nas mesas de cabeceira e na poltrona de leitura.


> BANHEIROS

Dificuldade | Usar a bacia sanitária, lavatório e chuveiro sem perder o equilíbrio.

O uso do banheiro, tanto para as necessidades fisiológicas quanto para a higiene pessoal, está entre as dificuldades mais comuns que as pessoas idosas encontram no cotidiano. Para evitar os acidentes e dar conforto aos idosos, verifique:

  • se o piso é antiderrapante e sem desníveis;

  • se há possibilidade de instalar barras de apoio em locais estratégicos, dimensionadas de acordo com a NBR9050/2020, para facilitar os movimentos e garantir o equilíbrio no uso da bacia sanitária, do lavatório e do chuveiro;

  • se há possibilidade de instalar banco retrátil dentro do box para a pessoa idosa tomar o banho sentada;

  • se a altura da bacia sanitária pode ser ajustada para corresponder às medidas do corpo da pessoa idosa para o uso confortável;

  • se a parte inferior da bancada do lavatório pode ser deixada livre (sem mobiliário) para a pessoa idosa fazer a higiene pessoal sentada;

  • se a bancada tem estrutura suficiente para suportar o peso da pessoa idosa quando ela precisar se apoiar;

  • se há cabides e suportes de apoio para toalhas e produtos de higiene em alturas adequadas para o alcance;

  • se há prateleiras e suportes para produtos de higiene pessoal dentro do box. Dica: dar preferência para nichos embutidos em local próximo ao banco retrátil;

  • se há iluminação suficiente para as atividades. Dica: aumentar a iluminação geral e instalar iluminação suplementar acima do espelho.


> CORREDORES

Dificuldade | Realizar o trajeto entre os ambientes mais usados da casa.

Espaço que interliga a maior parte dos ambientes da casa, sendo muito utilizado pelas pessoas idosas no deslocamento entre dormitórios, banheiros, cozinhas e salas, durante o dia e a noite. Para evitar a ocorrência de acidentes, verifique:

  • se o piso é antiderrapante e sem desníveis;

  • se há tapetes que dificultam o andar e causam tropeços. Estes devem ser retirados ou fixados no piso, já os de valor afetivo, podem ser mantidos como tapeçaria de parede;

  • se há objetos soltos de valor afetivo (lembranças e porta-retratos), que precisam ser mantidos no ambiente, devem ser fixados e protegidos contra quedas;

  • se há possibilidade de instalar barras de apoio ao longo do trajeto para auxiliar no deslocamento;

  • se há iluminação suficiente para orientar a pessoa no espaço. Dica: aumentar a iluminação geral e instalar iluminação suplementar linear nos rodapés ou embaixo da barra de apoio ao longo do trajeto.


CONCLUSÃO

Estes foram apenas alguns dos problemas mais relatados por pessoas idosas, que identificamos na elaboração de nossos projetos Casas 60+ para Residências Privadas e Coletivas para todas as gerações. As dificuldades precisam ser mapeadas de forma personalizada, pois cada pessoa possui características físicas, condições de saúde, gostos e preferências próprias, não sendo possível listar todos os eventuais problemas neste artigo.


Então, você conseguiu identificar alguma destas situações em sua casa?


Para casos mais específicos, entre em contato conosco, ficaremos felizes em te auxiliar em todo o processo.



29 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page